Inadimplência Na Arquitetura Em 3 Passos

Como reduzir a inadimplência na arquitetura em 3 passos

Certamente um dos maiores problemas para qualquer tipo de negócio é a inadimplência, e na arquitetura isso não é diferente. Entender como reduzir a inadimplência na arquitetura é importante, pois saber lidar com seus clientes permitirá que você consiga manter sua rentabilidade estável, sem correr riscos de processo de qualquer um deles, e garante também um bom relacionamento.

Se você é novo na área de arquitetura ou nunca teve que lidar diretamente com a inadimplência antes, hoje você aprenderá como pode reduzir a inadimplência de formas simples, para que sua estabilidade financeira não sofra somente por ter clientes inadimplentes. Então, fique atento para nosso passo a passo de como reduzir a inadimplência na arquitetura.

Como reduzir a inadimplência na arquitetura em 3 passos

A arquitetura pode facilmente sofrer mais com a inadimplência que outras áreas, pois sem os fundos certos, uma empresa de arquitetura não consegue seguir em frente com os seus projetos, o que pode deixar o escritório de mãos atadas. Justamente por isso, é importante entender como reduzir a inadimplência na arquitetura, e agir ao primeiro sinal dela.

  1. Organização das suas contas

O primeiro passo para lidar com a inadimplência em seu escritório é aprender a organizar as suas contas, e entender a situação de cada um de seus clientes. Então, abra uma planilha com todos os seus clientes e insira as seguintes informações:

  • Quantos clientes estão devendo;
  • Qual o tamanho da dívida de cada um dos clientes;
  • Há quanto tempo cada cliente está te devendo.

Essas informações são importantes para você montar uma estratégia de cobrança que siga parâmetros legais, permitindo assim que você também remonte negociações para facilitar o pagamento de seus clientes com muito mais facilidade.

  1. Entre em contato com seus clientes

Muitas vezes, a inadimplência do seu cliente é somente culpa da memória deles, que esqueceram de efetuar o pagamento ou qualquer coisa do tipo, e uma simples negociação após uma ligação resolve.

No entanto, o contato serve para mais que somente isso, serve também para aumentar o número de formas de contato que você possui com o cliente. Maiores fontes de contato servem como garantia que você não irá permitir que esse cliente simplesmente fuja enquanto te deve dinheiro.

  1. Use técnicas de cobrança

Se você quer entender como reduzir a inadimplência na arquitetura, precisará compreender como fazer a cobrança da forma correta. Primeiramente, a cobrança deverá sempre ser iniciada em cima do valor total, para tentar fazer alguma negociação, até que seja um valor aceitável e confortável para ambos, expandindo o prazo de pagamento e o número de parcelas para ajudar o cliente.

Em segundo ponto, nunca constranja um cliente seu. Além de diminuir as chances de efetuar novamente um negócio, você estará correndo o risco grave de tomar um processo, principalmente se o constrangimento for em meios públicos.

Aproxime o seu cliente sem agressividade para que ele não possa usar suas palavras contra você. A negociação amigável também aumenta as chances de o cliente realmente pagar o que deve.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Capital. Nós podemos te ajudar a estruturar o seu negócio de forma a acabar com a inadimplência!

Sucesso e até a próxima.

Agora que você entende melhor sobre este assunto, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Falar com um especialista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *