Marketing Jurídico

Marketing jurídico: Entenda as regras da OAB e saiba como essa ferramenta pode ser utilizada pelo seu escritório de advocacia!

O Marketing Jurídico já é algo presente em muitos escritórios, e se mostra fundamental para alavancar um escritório de advocacia. Mas, a grande questão é: como fazê-lo sem ferir as normas da OAB?

A OAB – já definiu as normas para o Código de Ética e Disciplina, que incluem o Marketing Jurídico e a captação de clientes e a sua utilização ética.

Marketing jurídico para seu escritório dentro das regras

A busca por formas de praticar o Marketing Jurídico sem que as normas da OAB sejam feridas é constante por parte de advogados de todo o país. É sabido que a prática do Marketing Jurídico é fundamental para que um escritório de advocacia cresça e se sustente de forma saudável, bem como para o crescimento da profissão como um todo.

Porém, apesar de existirem várias proibições, existem possibilidades que podem ser utilizadas, permitidas pela OAB e que permitem captar mais clientes para um escritório de advocacia.

São elas:

  • Construir e ampliar uma rede de relacionamentos profissional (networking), sem deixar que isso se torne um canal de publicidade, e sim um meio de construir relacionamentos com os clientes, fazendo uso de conteúdo relevante para atrai-lo;

  • Participação de cursos, seminários, palestras e eventos de cunho jurídico, realizados por instituições e entidades jurídicas, bem como ministrar essas palestras e a criação de textos, colunas e artigos que tenham relação ao mundo jurídico;
  • Ter um site jurídico, cuja função é servir como um “porto virtual”, onde os clientes poderão encontrar o escritório e conhecer mais sobre os seus serviços;
  • Construir relações com clientes e ex-clientes, mostrando a eles que sempre poderão adquirir os seus serviços, caso precisem deles. Isso ajuda a divulgar os seus serviços por meio de possíveis indicações.

O que é proibido pela OAB?

O marketing para advogados não deve conter qualquer imagem ou texto de cunho mercantil.

Logo, não é permitido:

  • Realizar a veiculação de qualquer tipo de publicidade através de canais como o rádio, o cinema e a TV;
  • Utilizar-se de publicidade com outdoors e outros painéis luminosos, a menos que estes sejam colocados frente ao escritório de advocacia para fins de identificação;
  • Ter imagens e publicidade expostas em muros, veículos, paredes ou espaços públicos, como postes e outros locais onde costuma haver colagem publicitária;
  • Fazer publicidade casada;
  • Divulgar dados de contato em materiais que não sejam de cunho jurídico;
  • Utilizar-se de divulgações de textos e e-mails que não sejam informativos e não tenham caráter jurídico, e que não sejam veiculados em sites jurídicos;
  • Distribuir panfletos e enviar e-mails comerciais para listas de emails.

É permitido criar posts em blog, no site e em redes sociais, desde que o foco deles não seja a captação de clientes, mas sim levar a informação aos leitores – e desde que estes textos tenham conteúdo jurídico e sejam veiculados em portais jurídicos, como o site do escritório, por exemplo.

No marketing jurídico, É permitido divulgar, em forma de publicidade, o número de inscrição na OAB, o nome dos advogados e do escritório, a especialidade do advogado, o endereço físico, o endereço de email e o site do escritório, bem como o logo e uma imagem do local ou correspondente, e o horário de atendimento.

O que não é permitido é utilizar imagens pessoais, imagens de locais como um Foro ou imagens que não tenham caráter jurídico.

Como você pode perceber, há regras a serem seguidas quando se pratica o marketing jurídico. Contudo, é possível desenvolver uma boa estratégia sem ferir as normas da OAB.

Se você quiser saber mais ou tiver dúvidas, entre em contato com a Capital! Será um prazer falar com você.

Sucesso e até a próxima!

Agora que você entende melhor sobre este assunto, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Falar com um especialista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *