Planejamento Estratégico Para Advocacia

Aprenda criar um bom planejamento estratégico para advocacia

Você montou um escritório de advocacia e seu desejo, naturalmente, é crescer, prosperar, tornar seu escritório conhecido e respeitado. Contudo, é certo que você tem muitos advogados concorrentes no mercado e precisa encontrar um diferencial para ser notado.

Crescer e se tornar conhecido exige muita dedicação e planejamento, e essa situação não é apenas com relação a escritórios de advocacia. Se você tem perspectivas e busca reconhecimento, é hora de fazer um bom planejamento estratégico.

O andamento dos trabalhos de um escritório de advocacia pode acontecer de uma forma normal e corriqueira ou você pode tomar as rédeas e estabelecer o seu roteiro. É exatamente aí que entra a importância de um planejamento estratégico.

O planejamento estratégico é uma excelente ferramenta, principalmente porque a única certeza que você pode ter sobre o seu negócio é que as coisas provavelmente não irão sair de acordo como planejado.

Contudo, o que devemos entender que é o planejamento estratégico para advocacia é um caminho que permite ajustar todos os imprevistos que possam acontecer, permitindo fazer os ajustes necessários sempre que houver qualquer mudança e levando o escritório de advocacia para seus objetivos.

Com um planejamento estratégico bem elaborado, o escritório de advocacia terá como aproveitar todas as oportunidades que surgirem, sabendo que terá condições de atendê-las.

O que é o planejamento estratégico para o escritório de advocacia?

Para definir em poucas palavras, o planejamento estratégico para um escritório de advocacia é estabelecer objetivos e metas bem definidas, com ferramentas que possam levar os profissionais até onde eles almejam.

Através do planejamento estratégico e de suas ferramentas, o advogado terá melhores condições de entender o mercado em que está inserido, poderá tomar as melhores decisões com relação ao escritório e saberá avaliar detalhadamente as condições de seu empreendimento.

Para começar a elaboração do planejamento estratégico do escritório de advocacia é preciso tratar o estabelecimento como uma empresa normal e comum, da mesma forma que tantas outras das mais diversas atividades, mesmo que o advogado seja um profissional autônomo e que esteja trabalhando sozinho, tendo apenas uma secretária.

Partindo da premissa de considerar o escritório de advocacia como uma empresa, torna-se mais fácil entender que o escritório exige a execução de tarefas rotineiras, que atua com prestação de serviços, e que tem como objetivo principal conseguir lucratividade.

A partir daí, o advogado deve tomar as atitudes necessárias para tratar o escritório de advocacia como uma empresa, definindo gastos necessários, custos que podem ser cortados, o valor do seu pró-labore, o recolhimento de impostos, o salário dos funcionários, os meios de pagamento que irá oferecer aos seus clientes, sua área de atuação, o público-alvo que irá atender e em quanto tempo espera o retorno de seu investimento.

O advogado, ao abrir um escritório de advocacia, a princípio não conhece administração, uma vez que seu curso foi voltado para o Direito e, por isso, deve contar com a ajuda de um contador, que poderá orientá-lo com relação às ferramentas que irá usar para montar o seu planejamento estratégico.

As ferramentas que devem ser usadas no planejamento estratégico

A aplicação das seguintes ferramentas permite elaborar um planejamento estratégico adequado para o escritório de advocacia:

        1-Análise SWOT

A análise SWOT, ou matriz FOFA, em português, permite que o advogado possa corrigir todas as deficiências do escritório de advocacia, valorizando as oportunidades e ganhando mais eficiência e competitividade. A análise SWOT trabalha com a avaliação de Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses) Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats).

        2-Construção de cenários

O planejamento estratégico deve ter cenários e valores criados para as mais diversas situações. O escritório de advocacia precisa ter os cenários projetados de forma otimista e pessimista para o futuro, estabelecendo-se prazos determinados, como, por exemplo, para os próximos 2, 4 e 6 meses, e para os próximos anos.

        3-Plano PDCA

O plano PDCA traz as iniciais em inglês das atividades (Plan, Do, Check, Action), com uma sequência que deve ser seguida sempre que uma decisão for tomada. O plano estabelece Planejamento, Execução, Análise e Ação de melhoria, fazendo-se a avaliação do que foi realizado e tomando as providências para evitar possíveis erros.

        4-5WH2

A ferramenta 5WH2 é formada por sete questões a serem feitas sempre que um novo projeto for iniciado, identificando o que deve ser feito, quem vai fazer, quando, onde e porque cada ação deve ser tomada, além de seu custo (What, Who, When, Where, Why, How e How Much).

Para implementar essas ferramentas e elaborar o planejamento estratégico do escritório de advocacia, fale com seu contador. Ele poderá oferecer todas as informações necessárias para que você tenha sucesso com seu escritório.

Gostou? Confira mais 6 dicas que irão ajudá-lo a captar mais clientes para o seu escritório de advocacia.

A Capital é uma empresa de contabilidade, cuja especialidade é o setor jurídico. Contate- nos e obtenha todo o apoio necessário para contar com os resultados do seu negócio.

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Capital Contabilidade?

Somos uma Contabilidade em Brasilia, especialistas no seu negócio e poderemos ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @capitalcontabilidadedf

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Agora que você entende melhor sobre este assunto, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Falar com um especialista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *