Despesas Fixas De Autônomos

Como reduzir as despesas fixas de autônomos – o seu trabalho custando menos e valendo mais!

Não é porque o profissional autônomo trabalha por conta própria que os seus custos serão menores, na verdade, em muitas vezes, é exatamente o oposto! Por isso, é preciso saber como reduzir as despesas fixas de autônomos!

As despesas fixas – o que são?

Despesas fixas, como o próprio nome sugere, são aqueles custos inevitáveis, presentes no trabalho de todas as empresas. Podemos incluir nessa lista custos como a conta de luz, a conta de água e outras despesas mensais. Entretanto, apesar do nome, é possível reduzi-las!

Abaixo, você começa a conferir algumas dicas de como fazer isso sem prejudicar o seu próprio trabalho!

Se você possui um escritório ou local fixo de trabalho

Possuir total controle sobre o seu ambiente de trabalho pode se tornar uma enorme vantagem quando falamos sobre reduzir as despesas fixas de autônomos. Isso porque, como é você quem manda no local, pode muito bem instaurar algumas regras para a utilização de recursos como a energia elétrica, água e outros que aumentam bastante as contas no final do mês.

  • A ideia é a seguinte: você precisará se regrar. Está deixando o ambiente? Apague as luzes.
  • Não está utilizando o computador, seja pelo motivo que for? Então, desligue-o da tomada. Essa parte é muito importante, já que aparelhos em standby consomem bastante energia e, quando retirados das tomadas, proporcionam uma economia considerável!
  • Aproveite os períodos onde a luz do sol é mais forte e deixe a iluminação natural permear o ambiente. Assim, você economiza com as contas de energia elétrica e, de quebra, ajuda o planeta.

O autônomo também possui custos relacionados aos seus fornecedores e prestadores de serviços que podem influenciar no seu trabalho. Como a manutenção de algum aparelho, limpeza, etc.

É importante saber quanto está sendo gasto com cada um desses profissionais e aparatos, já que isso impacta diretamente no seu plano para reduzir as despesas fixas de autônomos. Tenha em mente que, para isso, será preciso possuir um controle de fluxo de caixa eficaz, para que você tenha um registro de tudo que gasta e recebe, incluindo os valores direcionados aos seus fornecedores e terceirizados.

Dessa forma, você se torna capaz de buscar fornecedores e profissionais que ofereçam um melhor custo x benefício para a sua atividade!

Essa é a chamada Gestão de Fornecedores.

Se você não possui um local fixo de trabalho

Neste caso, as despesas fixas podem ser consideradas aquelas que você tem em casa. O princípio é o mesmo: menos contas para pagar, maior o lucro sobre as suas atividades.

No fim, reduzir as despesas fixas de autônomos não é uma tarefa tão impossível quanto parece. Vamos ver um pouco mais?

  • Se você mora sozinho, pode adequar a realidade do seu ambiente com as dicas mencionadas acima. Sempre tomando todo o cuidado para não deixar aparelhos fora de uso ligados nas tomadas e nem deixar as luzes acesas quando não existe a necessidade.
  • Se mora com outras pessoas, pode conscientizá-las sobre a necessidade de seguir essas dicas, visando sempre a economia. De repente, você consegue até baratear um pouco os seus serviços e conquistas outros perfis de clientes.

Ainda tem alguma dúvida sobre como reduzir as despesas fixas de autônomos? Quer mais dicas? Entre em contato com a Capital!

Sucesso e até a próxima.

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Capital Contabilidade?

Somos uma Contabilidade em Brasilia, especialistas no seu negócio e poderemos ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @capitalcontabilidadedf

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Agora que você entende melhor sobre este assunto, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Falar com um especialista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *