Empresa De Psicologia Como Abrir A Sua - Contabilidade Em Brasilia - DF | Capital Assessoria

Empresa de psicologia – saiba como abrir a sua!

Boa parte dos psicólogos não trabalham como contratados em regime CLT, mas sim como autônomos e empresários. Ser autônomo, porém, não consiste apenas em sair atendendo pacientes, é necessário legalizar a sua atuação. Para além da liberação do Conselho Regional de Psicologia (órgão que rege a atuação dos profissionais no território nacional), o profissional tem de estar em dia com suas obrigações para com o governo.

Sendo assim, é necessário entender como funciona a carga tributária, as especificações técnicas da profissão, os limites de atuação, as possibilidades de regime tributário e societário

Mas, principalmente, para iniciar com o pé direito, é preciso saber como abrir uma empresa de psicologia da maneira correta e, dessa forma, manter-se longe de problemas.

E então, quer entender como funciona o processo de abertura de uma empresa de psicologia? 

Então venha com a gente, nós vamos te explicar! 

Boa leitura! 

Gif Abertura De Empresas - Contabilidade em Brasilia - DF | Capital Assessoria

Entenda o modelo de tributação para psicólogos

Existem procedimentos padrões para abrir uma empresa de psicologia. O MEI, hoje, é uma forma fácil para trabalhadores autônomos se regularizem. Entretanto, o psicólogo não consta mais nas relações de atividades permitidas pelo MEI. 

De toda forma, você não precisa se preocupar. Se você quiser abrir a sua empresa de psicologia, pode se enquadrar em outros modelos de tributação. 

Antes de tudo, uma das informações para a qual deve se atentar ao estudar as maneiras de como abrir uma empresa de psicologia é a declaração do tipo de atividade exercida. O CNAE (Classificação Nacional de Atividades Exercidas) estipula algumas classificações para os psicólogos. São elas:

  • atividade de psicanálise;
  • clínica de psicanálise;
  • consultório de psicanálise;
  • serviços de psicologia. 

Aos olhos de um iniciante, a maioria das atividades pode parecer igual, mas não são. Um consultório é um local onde prioriza-se a identificação do problema. A clínica é voltada, principalmente, para a execução de tratamentos.

Saiba que não há problema nenhum em declarar mais de uma atividade. Declarar a execução de mais de uma atividade não resultará em qualquer diferença nas cobranças do fisco. 

Agora, é preciso se atentar à escolha do modelo de tributação. O psicólogo pode se cadastrar como Empresário Individual (EI), EIRELI ou LTDA, pagando cargas tributárias mais leves.

Se você quiser abrir a sua empresa sem nenhuma sociedade, pode escolher entre os dois primeiros. Porém, se deseja abrir uma empresa com algum sócio, é necessário se cadastrar como LTDA.

Por fim, vem uma parte um pouco mais burocrática: o cadastramento da empresa na prefeitura de sua cidade. 

A contabilidade para abertura de empresas de psicologia

Obviamente, você não precisa se preocupar em resolver todos estes trâmites sozinho. O ideal é contratar uma contabilidade especializada neste tipo de serviço, voltado para abertura de empresas na área de psicologia.

E, mesmo após abrir sua empresa, o psicólogo precisa manter o controle da sua contabilidade em dia, para não cair na malha fina.

Se você é um psicólogo e precisa abrir sua empresa, bem como controlar toda a sua contabilidade mensal, nós vamos te ajudar! Venha falar com a gente!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Capital Contabilidade?

Somos uma Contabilidade em Brasilia, especialistas no seu negócio e poderemos ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @capitalcontabilidadedf

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Agora que você entende melhor sobre este assunto, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Falar com um especialista
Summary
Empresa de psicologia - Como abrir a sua?
Article Name
Empresa de psicologia - Como abrir a sua?
Description
Boa parte dos psicólogos não trabalham como contratados em regime CLT, mas sim como autônomos e empresários. Ser autônomo, porém, não consiste apenas em sair atendendo pacientes, é necessário legalizar a sua atuação. Para além da liberação do Conselho Regional de Psicologia (órgão que rege a atuação dos profissionais no território nacional), o profissional tem de estar em dia com suas obrigações para com o governo.
Author
Publisher Name
Capital
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *