Contabilidade Para Dentistas 4 Dicas Importantes Para Investir - Contabilidade Em Brasilia - DF | Capital Assessoria

Contabilidade para dentistas: 4 dicas importantes para investir

Na faculdade, você aprendeu tudo sobre cáries, gengivite, implantes dentários e outros assuntos. Mas e sobre contabilidade para dentistas, como estão seus conhecimentos?

Contabilidade para dentistas é essencial para a gestão do seu negócio, e poucos profissionais do segmento odontológico têm conhecimento sobre o assunto, mesmo o básico.

Entender sobre contabilidade significa garantir que você está dentro da Lei, além de permitir um planejamento tributário eficiente, por exemplo, que possa diminuir custos.

Neste artigo, você vai aprender 4 dicas sobre contabilidade para dentistas, de forma que você tenha uma boa gestão financeira do seu consultório e menor tributação.

Boa leitura!

Confira Nossos Serviços - Contabilidade em Brasilia - DF | Capital Assessoria

1.  Procure um contador

A primeira dica é contratar um contador. Mas atenção: um profissional conceituado e qualificado, em especial na área odontológica – mesmo que você tenha que pagar mais.

Se tem alguém que entende de contabilidade, é o contador. Por isso, você precisa dos serviços desse profissional. 

Para conversar e tirar dúvidas sobre o assunto, entre em contato conosco!

2. Defina o melhor regime tributário  

Se você tem uma clínica odontológica, precisa enquadrá-la em um regime tributário. Veja, com seu contador, qual é mais vantajoso de acordo com seus recursos e objetivos.

A Receita Federal (RFB) tem três regimes tributários básicos:

  • Simples Nacional: todos os tributos são unificados em uma só guia, porém há limitações de faturamento e funcionários e nem todas as atividades econômicas podem ser enquadradas nesse regime;
  • Lucro Real: apuração do Imposto de Renda (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) da pessoa jurídica, é o regime tributário mais complexo. É de acordo com o lucro contábil apurado pela PJ, mais ajustes negativos e positivos do Fisco, chegando ao Lucro Real ou Prejuízo Fiscal do período;
  • Lucro Presumido: é presumido porque é calculado de acordo com um valor de lucro previamente estabelecido aproximado. Serve como base de cálculo para o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica e para a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL). 

3. Que tipo de negócio você tem?

Consultório ou clínica, trabalho autônomo, ou você faz parte de várias clínicas? Qual é a classificação do seu negócio? Pense nisso ao pensar na contabilidade para dentistas, em quais impostos você vai pagar e como atuar de forma legal.

Uma clínica odontológica precisa pagar COFINS, PIS, IRPJ, CSLL sobre faturamento mensal e outros. Por outro lado, um dentista autônomo necessita de registro na prefeitura de seu município para contribuir com FGTS, INSS e outros.

Na dúvida, já dissemos: consulte seu contador. Se preciso, repense sua forma de trabalho.

4. Não misture finanças pessoais e profissionais

Finanças do consultório ou da clínica não podem ser mescladas com finanças pessoais. 

Uma boa contabilidade para dentistas exige que você tenha uma conta jurídica para seu consultório ou clínica, facilitando a identificação de impostos e taxas e permitindo uma gestão mais organizada do seu negócio. 

Os lucros precisam ser registrados como sendo do seu negócio. A gestão eficiente permite tomadas de decisão corretas, menos gastos e mais lucros.

Esperamos que você tenha gostado de nossas dicas sobre contabilidade para dentistas. Se gostou, compartilhe! 

E se restar qualquer dúvida entre em contato conosco!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Capital Contabilidade?

Somos uma Contabilidade em Brasilia, especialistas no seu negócio e poderemos ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @capitalcontabilidadedf

Sucesso e até logo.

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Agora que você entende melhor sobre este assunto, entre em contato com um dos nossos especialistas!

Falar com um especialista
Summary
Contabilidade para dentistas: 4 dicas importantes para investir
Article Name
Contabilidade para dentistas: 4 dicas importantes para investir
Description
Na faculdade, você aprendeu tudo sobre cáries, gengivite, implantes dentários e outros assuntos. Mas e sobre contabilidade para dentistas, como estão seus conhecimentos? Contabilidade para dentistas é essencial para a gestão do seu negócio, e poucos profissionais do segmento odontológico têm conhecimento sobre o assunto, mesmo o básico. Entender sobre contabilidade significa garantir que você está dentro da Lei, além de permitir um planejamento tributário eficiente, por exemplo, que possa diminuir custos. Neste artigo, você vai aprender 4 dicas sobre contabilidade para dentistas, de forma que você tenha uma boa gestão financeira do seu consultório e menor tributação.
Author
Publisher Name
Capital
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *